Anderson Silva, UFC e as ações de Marketing

silva

Talvez este post esteja um pouco atrasado, mas na verdade não está. Gostaria de compartilhar com vocês uma possível ação de marketing que funcionou muito bem, na minha opinião, mas acabou sendo ofuscada pela derrota do ex-campeão dos médios do UFC.

Desde quando entrei na faculdade de comunicação comecei a olhar com outros olhos todo tipo de publicidade, seja um outdoor, um anúncio em uma revista, uma chamada no rádio e até mesmo um patrocínio de um time de futebol ou de um atleta, que é uma forma de publicidade também. Gosto de me perguntar porque aquela marca está apoiando aquela equipe ou aquele cara, existe algo a ser aproveitado por ambos os lados? Algo além do dinheiro? Se uma empresa patrocinar um time de futebol que tem a maior torcida do Brasil e seus clientes são todos estrangeiros, vai adiantar alguma coisa? Enfim, quero compartilhar algo que percebi e que na minha opinião funcionou, mas não foi notado, ou talvez tenha sido ofuscado.

Nos últimos meses fiquei na expectativa da luta do Anderson Silva contra o Cris Weidman, gosto de acompanhar o UFC, ver a galera se batendo, sangrando, acho maneiro. E quando estava acompanhado as pré-lutas, aqueles vídeos que o UFC faz com os lutadores falando da expectativa pra luta e tudo mais, me assustei com o Anderson Silva, pela primeira vez o cara estava falando em inglês, se virando bem até. Mas o que isso tem a ver? Bom, não sei se vocês sabem, mas o Spider é garoto propaganda da escola de inglês Wizard, já participou de várias campanhas da empresa, na maioria delas sendo zuado por não falar inglês. Olha que legal, pela primeira vez, o lutador entrou no octógono com a logo da Wizard estampada no short e desde quando a luta foi anunciada, TODOS os pronunciamentos que ele fez para imprensa internacional ele falou em inglês. Olha que ação de marketing bacana que eles fizeram, conseguiram colocar o cara que era conhecido por NÃO falar inglês, que parecia não se importar em aprender o idioma, para falar TUDO em inglês. Achei isso sensacional! Eles mostraram que a marca está com o atleta e ele ajudou promovendo a marca e a Wizard ajudou ensinando o Anderson a falar em inglês. Se ele tivesse ganhado a luta, acredito que este case seria analisado por muito especialistas, pois a derrota acabou bombardeando a internet e ninguém teve espaço pra falar isso.

Se você trabalha com marketing ou não, se apenas gosta de observar, fiquem atentos a casos como esse, veja o quanto é legal quando o patrocinador está realmente do lado do patrocinado, quando a publicidade funciona. Mesmo perdendo, o Anderson honrou o nome da marca, falou em inglês com muita confiança, mostrou que aprendeu e o pessoal da Wizard deve ter ficado muito orgulhoso, pois o trabalho foi muito bem feito, é isso que vale. Espero que a parceria continue na próxima luta e que desta vez a vitória venha não só para a Wizard, mas também para o Anderson Silva.

Ah! Só mais uma coisa! A revanche do Spider já está marcada para o dia 28/12/2013, fiquem ligados nas ações que o UFC vai fazer e principalmente nas ações que os patrocinadores do Anderson irão fazer, esta revanche vai render muito mais do que o primeiro confronto. Estou na expectativa para ver o que o pessoal do marketing desta grandes empresas vão aprontar.

Um abraço!

Felipe Victer – Consultor em Marketing Digital



Fatal error: Exception thrown without a stack frame in Unknown on line 0